Ok

> > > >

    Inovação


    Colar Zip

    Voltar

    Inventado no final do século XIX nos Estados Unidos como uma forma de fechar botas, o modesto zíper parece distante da esfera da sofisticação. Ainda assim, apesar de suas origens simples, ele inspirou uma criação da Van Cleef & Arpels que tornou-se icônica.

    O colar Zip alia humor e refinamento ao readequar um objeto banal e transforma-lo em uma peça emblemática da Maison. Esse surpreendente feito em joalheria pode ser creditado à Duquesa de Windsor. Por volta de 1938, ela sugeriu a Renée Puissant, diretora artística da Maison e filha de Alfred Van Cleef, que criasse uma peça baseada no zíper. Fabricado com diamantes corte baguete e brilhante e cravejados sobre platina, o colar não foi produzido até 1951. Testemunha da genialidade técnica da Maison, ele alcançou rapidamente o status de ícone.

    A Duquesa de Windsor está ligada à origem do colar Zip

    Primeiro desenho à guache do colar Zip para a Duquesa de Windsor, cerca de 1938, Arquivo Van Cleef & Arpels   Legenda errada. - Van Cleef & Arpels
    Primeiro desenho à guache do colar Zip para a Duquesa de Windsor, cerca de 1938, Arquivo Van Cleef & Arpels   Legenda errada.

    O colar Zip seria reinterpretado de várias formas ao longo da década de 1950 e, ainda hoje, constitui um elemento distintivo das coleções da Van Cleef & Arpels.

    Verdadeiro ícone da Maison, o colar Zip Couture, em rubis, esmeraldas e safiras, é a ponte com o mundo da Alta Costura fonte de inspiração a Van Cleef & Arpels em muitas de suas criações. Pedras e metais preciosos são sutilmente moldados e posicionados como tecidos nas mãos de uma costureira, demonstrando o virtuosismo das Mains d’Or™ em nossas oficinas da Place Vendôme.

    Se você estiver interessado nesse tema, você poderá apreciar também:O poder de transformação do colar Zip

    Voltar