Ok

> > > >Os Broches Ballerina e Fairy dos anos 1940

    Peças Históricas


    Os Broches Ballerina e Fairy dos anos 1940

    Voltar

    Os icônicos broches Ballerina e Fairy da Van Cleef & Arpels foram inventados em Nova York no início da década de 1940. As Ballerinas foram inspiradas pela paixão de Louis Arpels pelo universo da dança. Representadas por diversas figuras coreográficas, suas vestimentas em platina e cravejadas com diamantes, rubis e esmeraldas eram resplandecentes.

    Símbolos de alegria e esperança durante os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial.

    Broche Danseuse Espagnole, 1941, Coleção Van Cleef & Arpels  - Van Cleef & Arpels
    Broche Danseuse Espagnole, 1941, Coleção Van Cleef & Arpels

    Um dos primeiros modelos, o broche Danseuse Espagnole de 1941, com seu adereço de cabelo e leque ornados com rubis e esmeraldas e os babados do seu vestido parecem dançar graças aos diamantes, rubis e esmeraldas que o recobrem. Essas peças refinadas fizeram um sucesso imediato entre a elegante clientela americana da Maison que as adotaram como símbolos de alegria e esperança durante os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial.

    Criados ao mesmo tempo, os broches Fairy foram inspirados pelos “cartoons” desse período. Um dos primeiros broches foi o "Dragonfly", que foi produzido em pequena escala: Sharon Stone deixou-se conquistar por um broche “Dragonfly” em diamante e platina de 1955 e o usaria na cerimônia do Oscar em 1994. O deslumbrante broche “Spirit of Beauty”, cravejado com diamantes, esmeraldas e rubis apareceu em 1944. A herdeira Barbara Hutton o encomendou à boutique de Beverly Hills.


    Voltar